Casa Valduga 130 Brut Rosé

Recomendação Tintos&Tantos

Casa Valduga 130 Brut Rosé

A linha de vinhos espumantes 130, da Casa Valduga, nasceu em 2005, com a criação do primeiro rótulo, em comemoração aos 130 anos da chegada da família Valduga ao Brasil. A linha foi crescendo e em 2018 foi lançado o Casa Valduga 130 Brut Rosé, um espetáculo de cores, aromas e sabores.

O exemplar que degustamos, e foi provado e aprovado, e por isso recomendamos, tem a complexidade necessária para envelhecer muito bem pelos próximos anos, desenvolvendo novas qualidades com o passar de algum tempo.

E a complexidade não vem “de graça”. Ela é sempre fruto de planejamento, e de trabalho bem feito, a começar pelo vinhedo, porque um bom vinho depende de uma boa uva. Aqui, as uvas são cultivadas com atenção à natureza, e são criteriosamente selecionadas em busca de perfeição.

Que uvas são essas? Chardonnay e Pinot Noir do Vale dos Vinhedos. Na verdade, o Casa Valduga 130 Brut Rosé é um corte somente das melhores safras dessas uvas.

Enquanto a Pinot Noir passa por curta maceração, para extração dos compostos da casca necessários para a produção desse vinho, a Chardonnay recebe um tratamento muito especial: as uvas dessa variedade são prensadas em atmosfera inerte.

O que isso significa? Maior extração dos componentes que dão aroma e sabor ao vinho. Maior extração dos compostos antioxidantes, benéficos à saúde. Maior elegância e maior estabilidade, ou seja, longevidade. Como dissemos, um grande vinho nunca nasce por acaso.

O Casa Valduga 130 Brut Rosé é produzido pelo Método Champenoise (o mesmo de Champagne), no qual a segunda fermentação (aquela que vai transformar o vinho tranquilo em espumante) acontece com o vinho já engarrafado.

Esse é um processo bastante minucioso que inclui, no caso do Casa Valduga 130 Brut Rosé, amadurecimento sur lies por 36 meses, o mesmo período utilizado para maioria dos bons Champagnes. Esse processo significa que o vinho permanece em contato com as borras das leveduras, após a fermentação, o que dá ao vinho mais corpo, aroma e estabilidade.

Então, vamos falar do vinho, em si?

Ele tem a cor salmão que traz certa nobreza ao vinho rosé, e é bastante brilhante, o que lhe confere ainda mais elegância. Suas borbulhas são bem pequenas, como bem acontece com espumantes produzidos pelo Método Tradicional, e sua perlage (ou seu collier de perles) é muito abundante e com excelente continuidade. Se quiser ler mais sobre perlage, clique aqui.

Ao nariz ele traz uma ampla gama de aromas exuberantes, que remetem a geleias, compotas e licores de frutas vermelhas, mas esse vinho também tem notas muito surpreendentes de pão tostado e de macadâmias.

Com 11,5% de teor alcoólico, na boca ele tem muita cremosidade e ao mesmo tempo uma acidez bem marcante, trazendo uma surpreendente e deliciosa confusão aos nossos sentidos tátil e de paladar.

Esse é um Brut, a classificação dos espumantes que têm entre 8 e 15 gramas de açúcar residual por litro. Se quiser conhecer melhor essa classificação, clique aqui.

Se a gente tivesse que escolher a melhor harmonização do mundo para o Casa Valduga 130 Brut Rosé seria comida japonesa, cuja riqueza de sabores combinaria perfeitamente com esse vinho.

Na nossa opinião, a melhor temperatura para apreciá-lo é aproximadamente a 6°C. Só não se esqueça de uma coisa: brindar!

E, se quiser saber mais sobre a Recomendação Tintos&Tantos, clique aqui.




Quem somos

 

O Tintos&Tantos nasceu em 2013, e em seu pouco tempo de vida, já se tornou uma referência no mercado editorial de vinho, nacional e internacionalmente.

 

Para contar quem somos, primeiro vamos dizer quem nós não somos. Não somos um blog de vinhos. Não somos críticos de vinhos.

 

O Tintos&Tantos é um portal de Internet, que dá acesso a um conteúdo editorial, de produção própria, inteiramente dedicado ao mundo do vinho. 

 

Nossa contribuição é prover informação imparcial, relevante e gratuita.  Sempre em linguagem acessível e agradável de ler.

 

O intuito do Tintos&Tantos é o de fomentar o estudo, o interesse, a crítica, e até mesmo a polêmica a respeito do vinho.

 

Nosso foco não é competir com outros geradores de conteúdo, pelo contrário: ao sermos mais um agente no desenvolvimento desse mercado, e na consolidação dessa cultura, todos nós, apaixonados por vinho, ganhamos: consumidores, editores especializados, blogueiros, youtubers, produtores, importadores, sommeliers, enólogos e enófilos em geral...

 

Na nossa opinião, quanto mais gente do bem estiver falando sobre o mundo do vinho, com respeito e profissionalismo, melhor para todos nós.

 

Assim, é com imensa satisfação que criamos conteúdo diário e interagimos com cada leitor, através dos nossos canais de comunicação e de mídias sociais. 

 

No Facebook (www.facebook.com/tintosetantos), por exemplo, onde tantos amigos nos acompanham, é com orgulho que constatamos ser, o Tintos&Tantos, a maior página do Facebook, no mundo, em sua categoria! Uma comunidade de pessoas curtindo, comentando, se divertindo, aprendendo e ensinando, concordando e discordando... Todos nós, apaixonados pelo maravilhoso universo que cerca o vinho.

 

Não somos donos da verdade. Na verdade, recomendamos fortemente que se duvide de qualquer um que diga conhecer tudo sobre vinhos.

 

Esperamos que você aprecie e que continue nos acompanhando, e sempre que possível, ajudando na divulgação e propagação desse projeto, cujo foco será sempre você, vinhonauta!

 

A você, o nosso muito obrigado!

A você, o nosso brinde!

 

Em caso de dúvida, crítica ou sugestão, entre em contato pelo e-mail: This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.